Directório União Europeia

Apelo para uma Europa com impacto neutro no clima até 2050

A Comissão Europeia adotou uma visão estratégica a longo prazo para uma economia próspera, moderna, competitiva e neutra até 2050 – Um planeta limpo para todos.

29/11/2018
A estratégia mostra como a Europa pode contribuir para a neutralidade climática através do investimento em soluções tecnológicas realistas, na capacitação dos cidadãos e no alinhamento das ações em domínios fundamentais como a política industrial, o financiamento ou a investigação, assegurando simultaneamente a justiça social para uma transição justa.

Na sequência do convite apresentado pelo Conselho Europeu em março de 2018, a visão da Comissão para um futuro neutro em termos de clima abrange quase todas as políticas da UE e está em consonância com o objetivo do Acordo de Paris de manter o aumento da temperatura muito abaixo dos 2° C e prosseguir os esforços para a manter o aumento em 1,5° C. Para a UE liderar o mundo para a neutralidade climática, isso significa que o deverá conseguir até 2050.

O objetivo desta estratégia a longo prazo não é estabelecer metas, mas criar uma visão e um rumo a seguir, planear a sua concretização e inspirar e permitir que as partes interessadas, os investigadores, os empresários e os cidadãos desenvolvam indústrias e empresas novas e inovadoras e os empregos que lhe estão associados.

A estratégia a longo prazo analisa o leque de opções disponíveis para os Estados-Membros, as empresas e os cidadãos e o modo como estes podem contribuir para a modernização da nossa economia e melhorar a qualidade de vida dos europeus.

Procura assegurar que esta transição é socialmente justa e reforça a competitividade da economia e da indústria da UE nos mercados mundiais, garantindo empregos de elevada qualidade e o crescimento sustentável na Europa, permitindo simultaneamente resolver outros desafios ambientais, como a qualidade do ar ou a perda de biodiversidade.

O caminho para uma economia neutra em termos de clima exigiria uma ação conjunta em sete áreas estratégicas:

eficiência energética;
implantação de fontes de energia renováveis;
mobilidade ecológica, segura e conectada;
indústria competitiva e economia circular;
infraestruturas e interconexões;
bioeconomia e sumidouros naturais de carbono;
captura e armazenagem de carbono a fim de eliminar as emissões remanescentes.
A prossecução de todas estas prioridades estratégicas contribuiria para tornar a nossa visão uma realidade.

https://ec.europa.eu

Share

© Directório União Europeia 2013 | Site desenvolvido por Webtraços, Lda.

Top Desktop version