Directório União Europeia

Directório União Europeia

Concurso para jovens realizadores cinematográficos

A iniciativa #EUandME, da Comissão Europeia, lança um concurso de curtas-metragens para os jovens cineastas, a decorrer de 24 de agosto a 31 de outubro de 2018. O concurso está aberto a jovens realizadores europeus com idades entre os 18 e os 35 anos.

21/08/2018

Poderão participar numa das cinco categorias associadas à iniciativa: mobilidade; sustentabilidade; direitos; competências digitais; e empresas.

Haverá um vencedor por categoria, o qual receberá uma subvenção de 7 500 euros para realizar o seu filme, sendo apadrinhado por um dos cinco realizadores europeus de renome envolvidos na série de curtas-metragens #EUandME.

Os participantes interessados são convidados a apresentar a sua ideia para uma curta-metragem relacionada com o impacto da União Europeia na vida quotidiana dos cidadãos: além de um guião para o filme, um vídeo curto no qual o candidato irá demonstrar a sua motivação e explicar o conceito do filme previsto, solicita-se também uma ligação a um filme curto que tenha realizado no passado.

As candidaturas devem ser apresentadas em formato eletrónico através de um formulário de candidatura em linha na página do concurso (disponível a partir de 24 de agosto de 11:00 – hora de Lisboa - neste sítio WebVer esta ligação noutra línguaEN•••).

A iniciativa #EUandME, com as suas cinco curtas-metragensVer esta ligação noutra línguaEN••• realizadas por cineastas europeus, foi apresentada nos 28 Estados-Membros da UE em maio de 2018 com o objetivo de lançar um debate sobre o impacto da UE na vida dos jovens.

Na página Web da iniciativa estão disponíveis mais informações sobre este concurso de jovens realizadores.

Atualizado em 21-08-2018

Visitas: 78

Partilhar memórias com as Jornadas Europeias do Património 2018

As Jornadas Europeias do Património (JEP) 2018 vão decorrer nos dias 28, 29 e 30 de setembro em todo o país sob o tema “Partilhar Memórias”, anunciou a DGPC.

Iniciativa conjunta do Conselho da Europa e da Comissão Europeia, as JEP são um evento cultural que envolve mais de 70 mil atividades, com o objetivo de sensibilizar para o património comum da Europa e para a necessidade da sua proteção.

Segundo comunicado da entidade, cujos espaços culturais tutela e que promovem atividades em todo o país, o evento é uma oportunidade para «aproximar os cidadãos e realçar o valor do património cultural que a todos pertence».

Desde 1985, a DGPC - Direção-Geral do Património Cultural, entidade que coordena a programação e divulgação das JEP a nível nacional, convidou as entidades públicas e privadas a associarem-se a estas jornadas para organizarem atividades para o público.

Este ano 2018 celebra-se o Ano Europeu do Património Cultural e, nesse âmbito, as JEP propuseram-se assinalar a importância da «partilha de memórias, entendida como fator de cidadania, de dignidade e de democracia».

Este ano, as celebrações – festivais, visitas guiadas, workshops, exposições, espetáculos – prolongam-se desde finais de agosto a outubro, consoante os países.

Consulte aqui o PROGRAMA no mapa interativo do website.

Celebradas nos 50 estados signatários da Convenção Cultural Europeia, as JEP evidenciam a diversidade das tradições e saberes locais, estilos arquitetónicos e obras de arte que, no seu conjunto, constituem o património europeu.

Lançadas pelo Conselho da Europa em França, no ano de 1985, as JEP são organizadas conjuntamente com a Comissão Europeia desde 1999.

Fonte: DGCP

Atualizado em 07-09-2018

Visitas: 50

CE abre concurso para jovens tradutores sobre Património Cultural

Este ano, adolescentes com gosto pelas línguas irão ser chamados a traduzir um texto sobre o Património Cultural, tema que foi escolhido para comemorar o Ano Europeu do Património Cultural 2018.

Assim, a Direção-Geral de Tradução da Comissão Europeia convida alunos das escolas de toda a Europa a testar as suas competências de tradução, participando na 12.ª edição do concurso anual Juvenes Translatores.

Os participantes deverão escolher uma das 552 combinações linguísticas possíveis a partir das 24 línguas oficiais da UE.

No ano passado, houve traduções de polaco para finlandês, de checo para grego e de croata para sueco, para referir apenas alguns exemplos das 144 combinações que foram utilizadas.

Para participar no concurso, as escolas têm de seguir o processo de registo, que decorre em duas fases.

Em primeiro lugar, as escolas secundárias devem inscrever-se no sítio Web http://ec.europa.eu/translatores.

As inscrições abriram a 1 de setembro de 2018 e terminam ao meio dia de 20 de outubro de 2018, podendo ser feitas em qualquer uma das 24 línguas oficiais da UE.

De seguida, a Comissão Europeia selecionará, aleatoriamente, um total de 751 escolas e convidá-las-á a designar dois a cinco alunos para participar no concurso. Os alunos podem ser de qualquer nacionalidade e devem ter nascido em 2001.

O concurso terá lugar em 22 de novembro e decorrerá simultaneamente em todas as escolas participantes.

Os vencedores — um por país — serão anunciados no início de fevereiro de 2019 e receberão os seus prémios na primavera de 2019, numa cerimónia especialmente dedicada ao evento, que decorrerá em Bruxelas.

Durante a sua visita, os alunos terão a oportunidade de conhecerem tradutores profissionais da Direção-Geral de Tradução da Comissão Europeia — responsáveis pela avaliação das suas traduções — e falar sobre a profissão de tradutor.

Para mais informações:

| Sítio Web Juvenes Translatores

| Fotografias da cerimónia de entrega dos prémios de 2018

Fonte: Rep. CE Portugal

Atualizado em 07-09-2018

Visitas: 53

'Combina e Move-te' durante a Semana Europeia da mobilidade 2018

De 16 a 22 de setembro, realiza-se este ano a 17ª edição da Semana Europeia da Mobilidade e a 19ª do Dia Europeu sem Carros com o objetivo de promover a mobilidade sustentável nas regiões e cidades.

A iniciativa já faz parte do calendário de muitas cidades e vilas por toda a Europa e também já noutros continentes e cujo tema central, é o transporte multimodal, a "Multimodalidade".

Em Portugal, que participa na iniciativa europeia desde a primeira hora, tem-se vindo a gerar um grande movimento de adesão, não só por parte do público, como através de um número crescente de parceiros que colaboram ativamente com as autarquias envolvidas.

Nesta edição de 2018, até à data encontram-se registados 81 municípios com a adesão de 83 localidades.

Sob o lema ‘Combina e Move-te’, este ano a Semana Europeia da Mobilidade (SEM 2018) é constituída por inúmeras iniciativas, organizadas por diversos municípios portugueses, de norte a sul do país.

Em colaboração com vários parceiros, pretende-se chamar a atenção dos cidadãos para hábitos de vida saudáveis, através da adoção de comportamentos que contribuam para uma mobilidade amiga do ambiente e para uma melhor qualidade de vida.

Segundo informação oficial do evento «as várias atividades previstas visam sensibilizar para o uso de transportes públicos, de veículos de mobilidade partilhada e para deslocações a pé ou de bicicleta, excluindo os veículos particulares».

Assim, durante a semana, os cidadãos têm à disposição uma variedade de iniciativas gratuitas como conferências, ‘workshops’, circuitos e oficinas de bicicletas, passeios de scooters elétricas, ‘sitways’, elétricos e outros, ‘test drives’, ‘kids zone’ e muitas outras atividades dirigidas tanto para miúdos como graúdos.

Consulte aqui o FOLHETO PROMOCIONAL desta campanha de 2018.

SEM 2018 EM LISBOA

Entre as iniciativas agendadas a C.M. Lisboa destaca, entre outras, o Bicla Fest- Lisboa Ciclável, um passeio de todo o tipo de bicicletas a ter lugar dia 16 de setembro; o Lisboa Scooter Day, também a 16 de setembro, no Campo Pequeno; a conferência “Wise Mobility - Mobilidade Inteligente para as Cidades do Futuro!”, dia 20 de setembro, no Museu do Dinheiro; ou o evento de encerramento “Combina e Move-te”, aberto ao público e dirigido a todas as famílias.

‘COMBINA E MOVE-TE’

A Comissão europeia está empenhada em reduzir as emissões de CO2, o congestionamento do tráfego e a poluição do ar para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos europeus e atingir os objetivos fixados pelo Acordo de Paris.

Assim, a Comissária Europeia dos Transportes, Violeta Bulc, pediu para 2018 ser o "Ano da multimodalidade", um ano em que a Comissão pretende fomentar a importância da multimodalidade no sistema de transporte da UE.

A "multimodalidade" no setor dos transportes, ou "transporte multimodal", é a utilização de diferentes modos (ou meios) de transporte na mesma viagem. O conceito aplica-se tanto ao transporte de mercadorias como ao transporte de passageiros.

A multimodalidade aproveita as vantagens específicas de cada modo de transporte como uma mais-valia, tais como: conveniência, velocidade, custo, confiabilidade, previsibilidade, etc. e que, em combinação entre si, podem oferecer soluções de transporte mais eficientes (para pessoas e bens) que ajudarão a aliviar a pressão do congestionamento de tráfego e ainda tornar todo o setor mais ecológico, mais seguro e eficiente em termos de custos.

Em cada ano a Coordenação europeia juntamente com os Coordenadores nacionais e sob orientações da Comissão europeia, escolhe um slogan específico para cada edição da iniciativa.

Este ano pretende-se dar grande ênfase à Multimodalidade que é o tema para 2018 e o slogan que acompanha a campanha é ‘Mix and Move!’ – ‘Combina e Move-te!’.

Veja aqui a versão portuguesa do FILME promocional da campanha.

Saiba mais:

| SEM 2018

| Municípios aderentes

| Quadro das C.M. aderentes - SEM/DESC 2018

Fonte: SEM 2018/APA/CM Lisboa

Atualizado em 12-09-2018

Visitas: 46

Subcategorias

© Directório União Europeia 2013 | Site desenvolvido por Webtraços, Lda.

Top Desktop version