Directório União Europeia

Directório União Europeia

Jovens apresentam propostas sobre o futuro da Europa

Hoje, 100 jovens vindos de toda a Europa vão apresentar propostas concretas sobre a forma de dar à Europa um futuro brilhante, na sequência dos debates no contexto da iniciativa Nova Narrativa para a EuropaVer esta ligação noutra línguaEN•••.

31/01/2018
Estas recomendaçõesVer esta ligação noutra línguaEN••• coincidem com os resultados de um novo inquérito Eurobarómetro, que mostra que a participação dos jovens em atividades de voluntariado, organizações e eleições tem vindo a aumentar nos últimos anos.

A cerimónia de encerramento da iniciativa Nova Narrativa para a Europa, que se realiza hoje em Bruxelas, reúne as conclusões dos debates dos jovens ao longo dos últimos dois anos. Graças a uma série de debates à escala europeia, este projeto alcançou cerca de 62 000 jovens. Subsequentemente, os jovens apresentaram doze propostas concretas sobre o futuro da Europa.

Tibor Navracsics, Comissário responsável pela Educação, Cultura, Juventude e Desporto, declarou: «Ver os jovens tão empenhados e ouvir as suas ideias inovadoras enche-me de otimismo quanto ao futuro da Europa. Vou analisar as recomendações da Nova Narrativa para a Europa com a maior atenção. Mas tal não significa o fim do processo - os jovens devem estar no cerne do debate sobre o futuro da Europa, pelo que gostaria que estas reflexões fossem prosseguidas.»

As propostas hoje apresentadas foram testadas num recente inquérito Eurobarómetro para verificar a sua recetividade junto de um grupo mais vasto de jovens. O inquérito, realizado em setembro de 2017, no âmbito do qual foram consultados cerca de 11 000 cidadãos com idades compreendidas entre os 15 e os 30 anos, mostra que os inquiridos concordam em geral com a necessidade de:

Promover o espírito crítico e a capacidade de pesquisar informações para combater as notícias falsas e o extremismo (49 %);
Facilitar o acesso a informações sobre ir viver e trabalhar no estrangeiro (49 %);
Promover uma mudança de comportamento graças a iniciativas respeitadoras do ambiente, tais como transportes sustentáveis ou sistemas de reciclagem em toda a Europa (40 %).
Outras conclusões importantes do Eurobarómetro:

Mais de metade dos jovens europeus considera que a educação e as competências constituem uma prioridade fundamental, que a UE deve ter em conta. A proteção do ambiente e a luta contra as alterações climáticas vêm em segundo lugar, seguidas do emprego, da gestão dos fluxos migratórios e da integração dos refugiados;
Registou-se um acréscimo da atividade dos jovens em relação ao último inquérito, efetuado em dezembro de 2014. 31 % dos inquiridos declararam ter participado em atividades de voluntariado organizadas no decurso dos últimos 12 meses;
Mais de metade está envolvida em organizações como clubes desportivos, clubes de jovens ou ONG locais;
Em particular, 64 % dos inquiridos afirmam ter votado numa eleição política nos últimos 3 anos.
Contexto

Com o debate sobre o futuro da Europa em pleno auge, a educação e a juventude têm vindo a ocupar um lugar de destaque na agenda política da UE. Chefes de Estado e de Governo debateram o futuro da educação, da cultura e da juventude na Cimeira Social do Gotemburgo, que decorreu em 17 de novembro de 2017. Daí resultaram as Conclusões do Conselho Europeu de 14 de dezembro de 2017, que instam os Estados-Membros, o Conselho e a Comissão a levar por diante a agenda debatida em Gotemburgo. As recomendações hoje apresentadas irão contribuir para os futuros trabalhos da Comissão no domínio das políticas da educação, cultura e juventude.

Lançada sob a égide do Parlamento Europeu como um projeto-piloto a que se seguiu uma ação preparatória, a Nova Narrativa para a Europa foi alargada por um período de cinco anos. Em 2013-2014, no intuito de associar o público em geral ao projeto de integração europeia através das artes e das ciências, o projeto-piloto deu voz às comunidades artísticas, culturais, científicas e intelectuais. A partir de 2015, incidiu sobre a participação de jovens de diversas origens. A fim de continuar a apoiar este debate - que é fruto concreto do projeto - em toda a Europa, a Comissão Europeia irá coligir as propostas ou material escrito e audiovisual produzido por jovens num conjunto de ferramentas em linha. Esse conjunto de ferramentas irá estar disponível nas 24 línguas oficiais e incluir orientações sobre a forma de moderar o debate.

A UE dispõe de uma série de instrumentos para incentivar a participação dos jovens na sociedade e na vida democrática: o programa Erasmus+ e o Corpo Europeu de Solidariedade constituem apenas dois exemplos de instrumentos poderosos para aproximar os jovens e incentivá-los a fazer ouvir a sua voz, promover a compreensão mútua e a partilha de valores europeus comuns. A Estratégia da UE para a JuventudeVer esta ligação noutra línguaEN••• coloca também uma forte ênfase na participação, com um processo de diálogo estruturado que envolve os jovens em intercâmbios e consultas em toda a Europa. A Comissão Europeia irá apresentar as suas propostas para uma nova Estratégia da UE para a Juventude na primavera de 2018, com vista a alcançar um grupo mais vasto e mais diversificado de jovens.

https://ec.europa.eu

Atualizado em 01-02-2018

Visitas: 118

AD&C promove debate internacional sobre Governança e Territorialização de Políticas Públicas

No próximo dia 12 de Março, a AD&C - Agência para o Desenvolvimento e Coesão, I.P., promove um debate internacional sobre Modelos de Governança e a Territorialização das Políticas Públicas, na reitoria da Universidade Nova de Lisboa.

Que escalas, que atores e que modelos de cooperação são mais propícios a uma articulação mais eficaz entre os objetivos das políticas e os cidadãos?

Para responder a esta questão o seminário centra-se em dois painéis de debate, dedicados aos seguintes temas:

Governança pública: atores, escalas e desafios
Governança territorial: instituições, escalas e políticas
Neste debate vão estar reunidos peritos internacionais como Fabrizio Barca, perito internacional em políticas de base territorial, Claire Charbit, perita da OCDE em mecanismos de governança multinível, Andrés Rodriguez Pose e John Bachtler, investigadores nas áreas das políticas públicas e desenvolvimento regional, bem como diversos atores nacionais nas diferentes escalas de implementação das políticas públicas.

Num contexto de plena operacionalização do Portugal 2020 e no âmbito da preparação da nova estratégia para o período pós 2020, este debate terá por base a análise da longa experiência nacional e europeia de governação multinível, tendo em vista os diferentes mecanismos de governança do território e das políticas públicas.

Acompanhe este SEMINÁRIO.

Assegure já a sua participação, efetue a sua INSCRIÇÃO gratuita.

Para mais informações: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. | +351 218 814 000

Fonte: AD&C/NCD

Atualizado em 01-02-2018

Visitas: 106

XII Encontro Cotec Europa debate futuro do trabalho

O XII Encontro Cotec Europa com o tema WORK 4.0 Rethinking the Human-Technology Alliance vai ter lugar em Mafra, no dia 7 de fevereiro.

Organizado pela Cotec Portugal e apoiado pelo COMPETE 2020, o Encontro vai contar com a presença dos três Chefes de Estado dos países COTEC: Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República Portuguesa, Sérgio Mattarella, Presidente da República Italiana e Felipe VI, Rei de Espanha.

Consulte o Programa centrado no debate sobre as respostas da política pública europeia ao futuro do trabalho, que vai incidir nos desafios, riscos e oportunidades das relações laborais, educação, capacitação e reconversão do capital humano, inerentes à transição em curso para um contexto económico e social dominado por novas formas de colaboração entre pessoas e máquinas inteligentes.

Os participantes vão ter ainda oportunidade de visitar a exposição dedicada às revoluções industriais, que vai estar em exibição no espaço do Convento. Mais informações disponíveis no website do XII Encontro Cotec Europa.

Fonte: Cotec Portugal

Atualizado em 01-02-2018

Visitas: 122

Comissário Moedas no XII Encontro COTEC Europa

O Comissário europeu para a Investigação, Ciência e Inovação, Carlos Moedas, vai estar em Portugal no próximo dia 7 de fevereiro para participar no XII Encontro COTEC Europa, no Convento de Mafra. No âmbito desta iniciativa, o Comissário vai ser entrevistado às 11h30 por John Gapper, editor e comentador do Financial Times, sob o mote «Taking Stock of Work 4.0 Incentives and Policy Options at the EU Level».

05/02/2018
O programa do Encontro arranca às 9h30 desse dia, com a Secretária de Estado da Indústria, Ana Teresa Lehmann. Outros intervenientes do evento incluem o Presidente da COTEC Portugal, Francisco de Lacerda, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o seu homólogo italiano, Sergio Mattarella, e o Rei de Espanha, Filipe VI.

O XII Encontro COTEC Europa (link is external) foca-se no tema «Work 4.0: Rethinking the Human-Technology Alliance». Através das perspetivas educacional, tecnológica e empresarial do trabalho 4.0, pretende um debate entre líderes empresariais, especialistas e decisores políticos sobre o futuro do trabalho na era digital.

https://ec.europa.eu

Atualizado em 05-02-2018

Visitas: 117

Subcategorias

© Directório União Europeia 2013 | Site desenvolvido por Webtraços, Lda.

Top Desktop version