Directório União Europeia

Directório União Europeia

Vencedores nacionais do World Summit Awards 2018

Já foram anunciados os oito vencedores nacionais do WSA 2018 – World Summit Awards, eleitos por um júri constituído por personalidades relevantes nas áreas da Investigação e da Inovação.

Entre os oito vencedores nacionais está o próximo BfK Awards – Born From Knowledge, distinção cofinanciada pela União Europeia através do FEDER - Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, enquadrado no COMPETE 2020 - Programa Operacional Competitividade e Internacionalização.

Pelo segundo ano consecutivo, a ANI - Agência Nacional de Inovação associa-se a esta competição para premiar o melhor projeto nacional de base científica e tecnológica.

Em 2017 foi distinguido o projeto HC Alert (desenvolvido pela Hope Care), cuja visão é construir um hospital em casa.

O BfK Awards 2018 será entregue pela Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Maria Fernanda Rollo, no âmbito do 28º Congresso da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações (APDC), que se realiza a 26 e 27 de setembro, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

O vencedor BfK Awards receberá o troféu “Árvore do Conhecimento”, beneficiará de um processo de acompanhamento do seu projeto, e participará no WSA Global Congress 2019, iniciativa mundial das Nações Unidas que premeia as inovações digitais locais com impacto global.

VENCEDORES NACIONAIS DO WSA 2018

Portugal Participatory Budget: Portal interativo onde os cidadãos podem propor e votar (também por SMS gratuito) ideias para investimentos públicos a incluir no Orçamento de Estado, num valor de até 5 milhões de euros.

Body Interact: Um software de simulação médica criado pela startup Take the Wind, utilizado para o treino de estudantes e médicos, com a finalidade de melhorar a prática médica na área da esclerose múltipla.

Smartfarmer: Uma plataforma digital criada em parceira com a Oikos – Cooperação e Desenvolvimento que pretende contribuir para o progresso rural e para o desenvolvimento económico local.
City Checks: Uma aplicação utilizada com base na localização para que as famílias possam aceder a jogos educativos e contextuais durante uma viagem, nomeadamente relacionados com pontos de interesse.

Via Verde Mobility Digital Ecosystem: Compreende um conjunto de instrumentos digitais que possibilitam aos clientes da Via Verde acederem de uma forma fácil a serviços de mobilidade.

MB Way: Criada pela SIBS, a aplicação assume-se como uma carteira digital, substituindo a carteira tradicional, numa forma fácil e conveniente, permitindo utilizar os cartões bancários e de refeição a partir do telefone.

Dados.gov: A plataforma permite o acesso a dados abertos em português, promovendo, assim, a transparência, a responsabilidade e o desenvolvimento económico dos cidadãos.

Patient Innovation: É uma plataforma online, aberta e gratuita, com o propósito de facilitar a partilha das inovações desenvolvidas por utentes, para auxiliar outros a lidar com a sua condição de saúde.

Fonte: ANI

Atualizado em 20-09-2018

Visitas: 35

Estados-Membros da UE perdem quase 150 mil milhões de euros de receitas

O estudo publicado pela Comissão Europeia demonstra que os países da UE perderam quase 150 mil milhões de euros de receitas do imposto sobre o valor acrescentado (IVA) em 2016.

21/09/2018
Embora os Estados-Membros tenham desenvolvido grandes esforços para melhorar a cobrança do IVA, os dados divulgados mostram que é necessária uma reforma do atual sistema de IVA da UE, associada a uma melhor cooperação ao nível da UE, para que os Estados-Membros possam beneficiar plenamente das receitas do IVA nos seus orçamentos.

Em termos nominais, em 2016, os desvios do IVA1 registaram uma redução de 10,5 mil milhões de euros, tendo atingido 147,1 mil milhões de euros. Tal corresponde a uma descida para 12,3 % das receitas totais do IVA, em comparação com 13,2 % no ano anterior. O desempenho individual dos Estados-Membros ainda varia significativamente.

Os desvios do IVA diminuíram em 22 Estados-Membros, tendo a Bulgária, a Letónia, o Chipre e os Países Baixos revelado um forte desempenho, com uma diminuição de mais de 5 pontos percentuais nas perdas de IVA em cada caso. No entanto, os desvios do IVA aumentaram em seis Estados-Membros: Roménia, Finlândia, Reino Unido, Irlanda, Estónia e França.

Embora se tenham conseguido muitos progressos na melhoria da cobrança e da administração do IVA ao nível da UE, os Estados-Membros devem agora avançar e chegar a acordo o mais rapidamente possível sobre a reforma muito mais alargada, proposta no ano passado pela ComissãoVer esta ligação noutra línguaEN•••, destinada a reduzir a fraude em matéria de IVA no sistema da UE.

A reformulação permitiria melhorar e modernizar o sistema em benefício tanto dos governos como das empresas, tornando-o mais sólido e mais simples de utilizar pelas empresas.

[1] Os chamados «desvios do IVA» mostram a diferença entre as receitas de IVA esperadas e o montante efetivamente cobrado.

https://ec.europa.eu

Atualizado em 21-09-2018

Visitas: 32

Prémios Europeus para as Competências Digitais 2018

A Comissão Europeia lança a terceira edição dos «European Digital Skills Awards 2018» organizados com o apoio da «Digital Skills and Jobs Coalition», que vão premiar iniciativas que melhoraram as competências digitais dos europeus na escola, no trabalho, especialistas de TIC, raparigas e mulheres e a sociedade em geral.

24/09/2018
Atualmente, 43 % dos europeus não possuem competências digitais básicas. A existência de uma população e mão de obra com competências digitais é crucial para impulsionar a competitividade europeia e promover uma sociedade digital inclusiva.

Ajudar a melhorar as competências digitais dos europeus é uma das prioridades da Estratégia para o Mercado Único Digital e da Nova Agenda de Competências para a Europa.

A data limite para a apresentação dos projetos termina no dia 21 de outubro de 2018.

Os projetos vencedores serão selecionados por um júri independente nas cinco categorias seguintes:

Competências digitais para todos - desenvolvimento de competências digitais que permitam a todos os cidadãos participar ativamente na sociedade digital
Competências digitais para a população ativa - desenvolvimento de competências digitais para a economia digital, por exemplo, requalificação e requalificação dos trabalhadores, candidatos a emprego; Orientação profissional e orientação profissional
Competências digitais para os profissionais das TIC - desenvolver competências digitais de alto nível para os profissionais das TIC em todos os setores industriais
Competências digitais na educação - transformar o ensino e a aprendizagem das competências digitais numa perspetiva de aprendizagem ao longo da vida, incluindo a formação de professores
Competências digitais para raparigas e mulheres - tomando medidas para desenvolver as competências digitais para mulheres e raparigas
Os prémios serão entregues no dia 6 de dezembro de 2018, na Conferência «ICT 2018»Ver esta ligação noutra línguaEN•••, em Viena.

https://ec.europa.eu

Atualizado em 24-09-2018

Visitas: 24

Bolsa do Empreendedorismo 2018

Sob o lema «Portugal empreendedor, um encontro com a Europa», a Representação da Comissão Europeia em Portugal organiza a Bolsa do Empreendedorismo 2018, que será lançada dia 15 de outubro, em Lisboa

O evento, de entrada livre, tem por objetivo promover um diálogo direto e produtivo entre o ecossistema empreendedor em Portugal e as instituições, agências e redes europeias que apoiam, promovem e financiam empresas e projetos de negócio.

A partir das 10h00, a Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal, Sofia Colares Alves, abrirá os trabalhos deste encontro.

Os participantes terão então oportunidade de interagir e trocar ideias com os representantes da Comissão Europeia responsáveis pelo apoio às PME e ao empreendedorismo (DG GROW), pela gestão de programas de apoio e financiamento das PME (Agência Executiva EASME) e pela animação de redes de colaboração europeias (DG CNECT e Startup Europe).

O Programa inclui ainda representantes do Banco Europeu de Investimento, do Fundo Europeu de Investimento ou do EaSI - Programa da UE para o Emprego e a Inovação Social.

A nível nacional, juntam-se a estes intervenientes muitos outros, entre os quais se destacam Graça Fonseca, Secretária de Estado Adjunta e da Modernização Administrativa, o Presidente do IAPMEI, Nuno Mangas, e a CEO da Portugal Ventures, Rita Marques.

Os nove painéis de discussão previstos durante a tarde articulam-se em torno das três fases de maturidade do ecossistema empreendedor – arranque, escala e impacto – e contam com a contribuição de mais de 30 oradores de entidades de relevo do panorama empreendedor em Portugal.

Consulte aqui o PROGRAMA completo.

As INSCRIÇÕES para a Bolsa do Empreendedorismo 2018 já estão abertas.

Marque na sua Agenda: 15 de outubro de 2018 no Palacete Tivoli em Lisboa.

Fonte: Rep. CE Portugal

Atualizado em 25-09-2018

Visitas: 33

Subcategorias

© Directório União Europeia 2013 | Site desenvolvido por Webtraços, Lda.

Top Desktop version